quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Edifícios mais altos do mundo construídos em 2011

China, Emirados Árabes e Coreia do Sul lideraram construções de arranha-céus no ano. Ao todo, 88 prédios com mais de 200 m de altura foram concluídos

O ano de 2011 foi significativo na construção de arranha-céus por todo o mundo. Esse é o resultado do relatório desenvolvido pelo Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH), que apontou que 17 dos 100 maiores edifícios do planeta tiveram suas construções finalizadas no ano passado. Desses 17, seis foram construídos na China, cinco nos Emirados Árabes e cinco na Coreia do Sul.

Ao todo, 88 novos prédios com mais de 200 m foram concluídos em 2011, sendo a torre Kingkey 100, do escritório TFP Farrells, em Shenzhen, na China, com 442 m, o mais alto de todos. Os Emirados Árabes conquistaram as próximas duas posições. Em segundo lugar, ficou a Al Hamra Firdous Tower, projetada pelo escritório Skidmore, Owings & Merrill (SOM), na cidade do Kuwait, com 413 m. O edifício 23 Marina, assinado pelo escritório Hafeez, com 393 m e localizado na cidade de Dubai, ficou em terceiro.

O conselho chama a atenção também para o fato de que o uso dos edifícios está mudando. Anteriormente, os arranha-céus eram exclusivamente para escritórios. Em 2000, 85% dos 100 edifícios mais altos eram somente de escritórios. Agora, apenas 50 se mantêm nessa lista. Já o número de edifícios de uso misto vem crescendo, chegando a 31 edifícios entre os 100 maiores. Em termos de localização, a Ásia se mantém no topo, com 46 dos 100 maiores edifícios, enquanto a Europa conta somente com um.

As cidades do Panamá (Panamá), com 10 edifícios, Abu Dhabi (Emirados Árabes) e Busan (Coreia do Sul), com nove prédios cada, foram as que mais completaram arranha-céus em 2011. Até 2010, essas três cidades acumulavam somente seis prédios com mais de 200 m de altura, mas foram responsáveis pela construção de 32% dos arranha-céus no ano passado.

De acordo com o conselho, é esperado que 2012 supere essa quantidade de projetos, mantendo o aumento até o final da década, principalmente pelas construções na China, que atualmente está com mais de 180 projetos de arranha-céus em obras. "Com mais de 300 projetos de edifícios que ultrapassam os 200 m em andamento, é esperado que a velocidade do desenvolvimento de edifícios altos continue aumentando", diz o relatório.

Confira alguns dos edifícios mais altos construídos em 2011:







Kingkey 100, de TFP Farrells

Altura: 442 m
Andares: 100
Local: Shenzhen, China


Al Hamra Firdous Tower, de Skidmore, Owings & Merrill

Altura: 413 m
Andares: 77
Local: Cidade do Kuwait, Kuwait


23 Marina, de Hafeez

Altura: 393 m
Andares: 90
Local: Dubai, Emirados Árabes


The Torch, de Khatib & Alami

Altura: 337 m
Andares: 79
Local: Dubai, Emirados Árabes


Tianjin Global Financial Center, de Skidmore, Owings & Merrill

Altura: 337 m
Andares: 74
Local: Tianjin, China


Etihad Towers T2, de DBI Design e AECOM

Altura: 322 m
Andares: 38
Local: Abu Dhabi, Emirados Árabes


Northeast Asia Trade Tower, de Kohn Pedersen Fox Associates

Altura: 305 m
Andares: 38
Local: Incheon, Coreia do Sul


Doosan Haeundae We've the Zenith Tower A, de DeStefano + Partners

Altura: 301 m
Andares: 80
Local: Busan, Coreia do Sul



Longxi International Hotel, de A+E Design

Altura: 328 m
Andares: 74
Loca: Jiangyin, China




Para saber mais acesse http://www.piniweb.com.br/ :
Conheça os edifícios mais altos do mundo construídos em 2011 - Mauricio Lima

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

CREA x CAU

Importantes informações administrativas CREA-SC sobre procedimentos a adotar em função constituição CAU-SC Conselho de Arquitetura e Urbanismo





O CREA-SC informa aos profissionais da Arquitetura que devido à constituição do CAU-BR – Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (Lei nº 12.378/10), publicação no Diário Oficial da União em 19.12.11, por força de lei, o CREA-SC, a partir desta data, fica impedido da liberação de acesso aos serviços do Creanet Profissional e Empresa. A partir do dia 5.01.2012 será implantada na página do CAU-SC, no formulário de preenchimento do RRT (Registro de Responsabilidade Técnica). A partir deste dia as carteiras provisórias também começarão a ser distribuídas aos profissionais pelo CAU-SC. Para acessar os serviços relativos à emissão de RRT e boletos de anuidades 2012, os profissionais devem entrar nos sites www.causc.org.br ou www.caubr.org.br. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail cau@caubr.org.br ou fones 47 – 99771276 (Arq. Ronaldo Lima, presidente CAU-SC), 48 – 99470020 (Arq. Roberto Simon, Conselheiro Federal e Tesoureiro do CAU-BR) e 48 – 33312023 (Arq. Luis Henrique Boabaid dos Reis, Assessor Técnico CREA-SC)".



Diversas medidas administrativas foram tomadas pelo CREA-SC após o recebimento do ofício CAU-BR 002/2011, confirmando a posse do Presidente do CAU-BR, e a publicação dos dispositivos legais previstos na Lei 12.378/10, em 19.12.11.



Diante desta decisão a partir de 20/12/11, automaticamente o CREA-SC não fiscaliza mais o exercício profissional da arquitetura e fica extinta a CEARQ – Câmara Especializada de Arquitetura, desonerando o Conselho de qualquer obrigação de atendimento aos Arquitetos.



Na sessão Plenária extraordinária realizada pelo CREA-SC, no dia 21.12, foi debatida proposta do CAU-SC referente convênio de cooperação técnica entre o CREA-SC e o CAU-SC, visando à prestação de serviços Conselho, durante o período de estruturação do novo Conselho no estado.



Informamos que a decisão desta plenária foi a aprovação de um espaço ao CAU-SC, na sede do CREA-SC, antiga Câmara Especializada de Arquitetura, pelo prazo de 60 dias a contar de 20/12/11, bem como, a sessão do assessor técnico, Arq. Luis Henrique Boabaid, neste período para dar o apoio a técnico e administrativo necessário.



Em relação a outras formas de cooperação a plenária do CREA-SC deliberou pela constituição de um grupo de trabalho, formado por dois conselheiros  e um advogado do CREA-SC e dois representantes indicados pelo CAU-SC para estudar até a sessão plenária do CREA-SC do mês de fevereiro (10/02/2012), apresentar para deliberação da mesma possíveis convênios de cooperação, em especial quanto a sessão de pessoal para CAU-SC.



Quanto ao registro de novos profissionais, vistos de empresas e outros relativos a documentos, o CREA-SC estará recebendo a documentação e remetendo ao novo Conselho, aos cuidados do Arq. Luiz Henrique Boabaid, localizado na sala concedida pelo Conselho.



Informamos ainda que as Inspetorias e todas as instâncias do Conselho que receberem solicitações, pedidos de registro, certidões e outros referente aos Arquitetos e Urbanistas, o procedimento a ser adotado é receber a documentação ou os respectivos pedidos e encaminha-los para a Sede aos cuidados do Arq. Luis Henrique Boabaid dos Reis, Assessor Técnico CREA-SC, sala CAU-SC (antiga Câmara de Arquitetura).



Ressaltamos ainda que em cumprimento ao previsto na lei 12.378/10, o CREA-SC estará repassando ao CAU-BR, no prazo de 30 dias os 90% dos valores de todas as receitas recebidas dos Arquitetos e Urbanistas, no período de 1°/01/11 até 19/12/11, bem como, no prazo dos 60 dias aprovados pela Plenária, toda documentação, registros, cadastros e outros estabelecidos na respectiva Lei para o novo conselho.



Solicitamos ainda que orientem os Arquitetos e Urbanistas de que maiores informações e esclarecimentos procurem obtê-los contatando: Arq. Ronaldo Lima, presidente CAU-SC , fone  47 – 99771276 , e-mail: cau@caubr.org.br, www.causc.org.br ou www.caubr.org.br, ou, Arq. Roberto Simon, Conselheiro Federal e Tesoureiro do CAU-BR, fone  48 – 99470020, e-mail:simon@domo.com.br e Arq. Luis Henrique Boabaid dos Reis, Assessor Técnico CREA-SC, fone 48 – 33312023, e-mail: boabaid@crea-sc.org.br





Florianópolis, 29 de dezembro de 2011.





Eng. Agr. Raul Zucatto

Presidente do CREA-SC

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012